14 de agosto de 2018

GIOVANA GAZOLA MICHELIN É A RAINHA DO CINQUENTENÁRIO DA ESCOLA FREI CASIMIRO ZAFONATTO

Eduarda, Giovana e Bruna
Para marcar os 50 anos da escola Estadual de Educação Básica Frei Casimiro Zafonatto, de Ipê (RS), a direção e Circulo de Pais e Mestres promoveram no sábado, 11 de agosto, a escolha das Soberanas do Cinquentenário da instituição. Com a participação de 8  candidatas, um corpo de jurados formado por pessoas da comunidade, escolheram Giovana Gazola Michelin como rainha e como princesas Eduarda Ziliotto da Silva e Bruna Colombo Ziliotto.
Cerca de 500 pessoas prestigiaram o evento, que após a escolha seguiu com baile animado pelo Balanço Fandangueiro.
Além dessas ações, outras  marcarão o cinquentenário da instituição como a Semana de Reminiscências e Gincana Cultural.  
A escola foi criada em 25 de agosto de 1968.

Fonte Vida no Campo Revista

26 de março de 2018

LANÇAMENTO OFICIAL DA 3ª FESTIPÊ

As atividades foram divulgadas durante o lançamento oficial do evento

Na noite de sexta-feira (23), foi realizado na Associação Comercial, Serviços e Agricultura - ACISA de Ipê, o lançamento oficial da 3ª edição da FestIpê, que ocorre de 06 a 08 e de 12 a 15 de abril, em Ipê. O evento teve início às 19h30min, com coquetel para autoridades, entidades e convidados.         
Durante o lançamento da feira, foi divulgada também, a programação completa da Festa de Ipê que neste ano tem como tema "Diversidade - A magia que nos une". Dentro das atividades estão diversas exposições, como de artesanato, máquinas e implementos agrícolas, gado leiteiro e de corte, apresentações culturais, rústica e mini rústica, além de diversos shows.
Fonte: Rádio Solaris e Dupla Notícia




15 de março de 2018

TRAJES DAS SOBERANAS SÃO OFICIALMENTE APRESENTADOS


Os trajes das Soberanas do Município de Ipê foram apresentados no Gabinete do Prefeito Municipal Valério Ernesto Marcom na tarde desta segunda-feira (05) de março. A rainha, Ana Carolina Machajeski, e as princesas Mariele Zanotto e Mariana Bueno.


As meninas chegaram à Prefeitura Municipal, por volta das 16h30min, maquiadas e penteadas, com o cabelo solto e volumoso, dignos de soberanas. Esbanjando simpatia, simplicidade e com largos sorrisos no rosto caminharam pela prefeitura até o Gabinete onde o Prefeito Municipal às aguardava para o lançamento dos trajes. 

Os vestidos apresentados seguem o tema descrito por Leonardo Ziliotto Gazola – Tecnólogo em Designer de Moda na qual desenhou os vestidos que foram confeccionados pelo Atelier Caroline Ambrosio de Veranópolis. 
Conforme Leonardo, os trajes são um convite á viajarmos aos primeiros imigrantes que em nosso município chegaram, onde eles foram os responsáveis por começar a escrever essa linda história... A História do Município de Ipê. 
Como fonte de pesquisa e inspiração para a criação dos vestidos foi utilizado às flores de ipê e suas diversas cores. Outro ponto forte também na pesquisa foi conhecer e entender a diversidade cultural e histórica que o nosso município abrange.
O traje da Rainha Ana Carolina Machajeski tem como cor predominante o amarelo queimado, remetendo e lembrando a nossa flor de ipê que é o ícone maior de nosso município. 
A inovação desta edição ficou por conta do traje das Princesas Mariana Bueno e Mariele Brollo Zanotto sendo o vestido da mesma cor para ambas as princesas, apenas mudando a cor do bordado para que cada uma também represente uma tonalidade da flor símbolo município. 
Em ambos os trajes há um cordão trançado lembrando o laço dos gaúchos, outra cultura forte em nosso município.
E o destaque dessa vez ficou por conta dos bordados feitos á mão, distribuídos pelas peças que nos remetem ao passado, a fim de valorizar o trabalho artesanal que é outro destaque em nosso município, e que até hoje passam de geração em geração. 
São trajes nobres, com elegância e riqueza em detalhes que destacam e engrandecem, são trajes que contam a história do povo Ipeense, finaliza Leonardo. 

A comunidade de Ipê poderá conferir os trajes durante a 3ª edição da FestIpê que acontece de 06 à 15 de Abril de 2018 no parque municipal de eventos.

3ª FESTIPÊ

Entre os dias 06, 07, 08, 11, 12, 13, 14 e 15 de Abril de 2018, Ipê volta a respirar a diversificação da produção agrícola, industrial, artesanal e cultural. Com o tema “DIVERSIDADE – A MAGIA QUE NOS UNE”, a Capital Nacional da Agricultura Ecológica reedita a Festa de Ipê – 3ª FESTIPÊ, celebrando as várias atividades produtivas e as manifestações culturais através de feiras, exposições, música, esporte, dança, artesanato, gastronomia, celebrações, concursos e encontros.

29 de janeiro de 2018

LANÇAMENTO DO LIVRO LINHAS DO TEMPO

Centenas de pessoas participaram do lançamento do livro "Linhas do Tempo - Ipê 30 anos", no Clube Ideal de Ipê, na noite de sexta-feira (08). O evento também foi prestigiado pelo Deputado Federal Afonso Hamm, que ganhou do autor, Rogerio Marcon um exemplar do volume.

Do gênero documentário, o livro com 492 páginas, mostra através de tópicos, distribuídos em ordem cronológica, o que aconteceu em Ipê nessas décadas de independência administrativa. Na obra estão reunidas também notícias que foram publicadas ao longo destes anos no Jornal Prisma, atual Folha de Ipê, em outras publicações impressas ou via internet.
PARA COMPRAR ON LINE: Mercado Livre R$ 30,00
Obra
Título: Linhas do Tempo – Ipê, 30 anos
Autor: Rogério Francisco Marcon
Número de páginas: 492
Gênero: Documentário
Data do lançamento: 8 de dezembro de 2017
Local: Clube Ideal às 20h



Ficha Técnica

Ilustração da Capa: Ilton Conte
Fotografia da Capa e Montagem: Rogério Francisco Marcon
História de Ipê em Quadrinhos: Ilton Conte
Diagramação: Rogério Francisco Marcon
Fotografias: Olivir Marcon
  Rogério Francisco Marcon
  Orilda Magro Marcon
  Arquivo Jornal Prisma
  Reprodução internet
Fontes Consultadas: Arquivo Jornal Prisma
  Site da Prefeitura Municipal de Ipê
  Site da Rádio Solaris
  Site do TSE/RS
  Blog do Prisma - https://jornalprisma.blogspot.com.br/
  Jornal Folha do Ipê
  Memorial da Emancipação
  Internet
Livros Consultados:
  Raízes de Ipê – Vários autores, 2012
  Vila Ipê, 50 Anos de História – de Miguel Alfredo Horth e Pedro Lucatelli, 1986
  Segredo 50 Anos de História – José Cláudio Righez e Zamir José Giasson, 1978
  Origens da Paróquia São Luís Rei, de Ipê – Orlando Dotti, 2016
  Minhas Memórias... Minha História – José Araldi (in memoriam) e Cláudio Rogério Araldi, 2016
Revisão: Carla Forest Dondé
  Lenize Mallmann Guerra
  Rosalita Boff Marcon
  Stela Mare Slongo Zanotto
Impressão: Lorigraf Gráfica e Editora Ltda

Sobre o autor
Nome: Rogério Francisco Marcon
Filiação: Orilda Magro Marcon e Olivir Marcon
Data nascimento: 27 de março de 1966
Local: Ipê
Estado civil: Casado com Rosalita Boff com quem têm duas filhas
Filhas: Pâmela Boff Marcon e Samanta Boff Marcon
Formação:
  Bacharel em Administração de Empresas pela Universidade de Caxias do Sul;
  Especialização em Planejamento Econômico pela Universidade de Caxias do Sul
  Editor do Jornal Prisma por 25 anos

Atividade Profissional
  Sócio diretor da empresa D’Vieri Indústria de embalagens de Vidros Ltda

Atividades Sociais
  Sócio Fundador e presidente do Clube Esportivo São Luís - 1987
  Fundador e editor do Jornal Prisma
  Sócio Fundador e presidente da ACISA – 1991
  Presidente da Comissão Executiva do Clube Ideal – 1995
  Presidente do Conselho Municipal de Desportos – 1997 a 1998
  Sócio fundador e presidente do Lions Clube Ipê - 2000
  Sócio Fundador, locutor e apresentador da rádio comunitária, Rádio Natureza FM
  Presidente do Clube Ideal – 2002/2004 – 2014/2016 – 2016
  Presidente da Festipê 2014 e 2016

Contato: prisma.rs@hotmail.com


Histórico
            A ideia de escrever o livro surgiu pela iniciativa do prefeito municipal Valério Marcon e da secretária de Educação, Stela Mare Slongo Zanotto, que solicitaram um material para produzir um livro sobre os 30 anos de emancipação, a ser comemorado em 15 de dezembro de 2017. Inicialmente estava previsto para uma pequena descrição de momentos marcantes dos 30 anos, com no máximo 50 páginas, a ser editado e publicado pela Secretaria de Educação. Tendo em vista o vasto material arquivado pelo Jornal Prisma em 25 anos de circulação, ficou difícil selecionar somente alguns acontecimentos. Desta forma, optou-se pela busca de patrocínio para custear as despesas com pesquisa, produção, edição e impressão do livro, agora autoral. O valor arrecadado com a venda dos livros vai ser destinado para a Associação de Apoio a Portadores de Câncer de Ipê (AAPCAI). O valor a ser cobrado será estipulado pela entidade.


Sinopse

Linhas do tempo – Ipê, 30 anos

            O objetivo deste livro é mostrar através de tópicos, distribuídos em ordem cronológica, o que aconteceu em Ipê nessas décadas de independência administrativa com a compilação de notícias que foram publicadas ao longo destes anos no Jornal Prisma, em outras publicações impressas ou via internet.
A abordagem deste conjunto de informações está disposta em quatro partes: “Era uma vez...”; “A nossa vez...”; “Radar” e “Firme lá... e ... Click”.
            “Era uma vez...” começa com a reprodução fiel do histórico de Ipê publicado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Trata-se da descrição resumida dos primeiros tempos de Ipê, 1880, até a criação do município em 1987. No texto foi inserida a História de Ipê em Quadrinhos, uma ilustração do Ilton Conte publicada em 1993 no Jornal Prisma e reproduzida pelo mesmo periódico anos mais tarde.
            “A nossa vez...” resgata os principais acontecimentos de Ipê entre os anos de 1987 a 2017. Dividido em 31 capítulos, um para cada ano da série histórica.
Em sua grande maioria os textos estão acompanhados por imagens fotográficas e foram escritos numa linguagem simples e direta, respondendo a quatro perguntas básicas: O quê? Quando? Quem? Local? A intenção é privilegiar e prestar o devido reconhecimento às centenas de pessoas que fizeram e fazem o Ipê acontecer, na sua grande maioria, de forma voluntária, uma característica marcante de nossa comunidade.
Objeto da sonhada emancipação, as administrações municipais, bem como algumas de suas realizações, são citadas sem a intenção de fazer comparativos, ou de quantificar, mas sim, possibilitar uma análise evolutiva do desenvolvimento ao longo do tempo. Outra presença marcante nos registros, a Igreja, mostra sua importância para o desenvolvimento local e demonstra a influência que ela ainda exerce em nossa sociedade.
            Na terceira parte, “Radar”, foi contextualizado o momento e a situação em que Ipê esteve inserido no período compreendido entre 1987 a 2017. São fatos que marcaram o Brasil e o Mundo nestes 30 anos, além da relação de algumas curiosidades que produzirão efeitos nostálgicos em futuras consultas.
E para finalizar, “Firme lá... e ...Click”. Trata-se de uma homenagem a quem com suas fotografias tornou este livro possível. Olivir Marcon, o fotógrafo. A maioria das imagens publicadas no Jornal Prisma e impressas no livro, são suas. A própria expressão “firme lá”, era usada para chamar a atenção das pessoas quando iam bater uma fotografia.
Linhas do Tempo. Começa pelo começo e vai até o fim. E ao final do livro uma reprodução de quatro imagens que dizem mais que as palavras e expressam nitidamente a evolução urbana nesses 30 anos de Ipê.
            Fica o convite para embarcarem nesta viagem. Aos que fizeram parte desta história, boas recordações. Para quem está chegando agora, seja bem-vindo, pois o futuro depende de cada um de nós.

Rogério Marcon